Balanço – 1º Quadrimestre: Mais de mil novas empresas foram abertas em Marília

Balanço – 1º Quadrimestre: Mais de mil novas empresas foram abertas em Marília

Marília registrou nos quatro primeiros meses deste ano, a abertura de 1.067 novas empresas. Os dados constam do balanço divulgado, nesta semana, pela Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Durante o primeiro quadrimestre, foram investidos mais de R$ 8,1 milhões em capital social pela classe empresarial no município.

“O município vem mantendo uma boa média de investimentos. Sabemos que a crise econômica brasileira é bastante grave, mas por determinação do prefeito Vinicius Camarinha, nós temos conseguido criar alternativas que estimulem a geração de renda e empregos na cidade. E assim, mais de R$ 2 milhões vem sendo investidos mensalmente pelos empresários no município”, comentou Cássio Luiz Pinto Júnior, secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Do total de empresas abertas em 2016, segundo os dados do Centro de Pesquisa e Informação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, 865 são MEIs (Microempreendedores Individuais) e as outras 202 representam estabelecimentos de diversas naturezas jurídicas (Eireli – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada; sociedade limitada, entre outras).

“Temos observado um grande aumento nos registros das MEIs, principalmente com a formalização dos pequenos negócios. Outro detalhe importante é que a cidade tem registrado um crescimento no turismo de eventos empresariais e isto permite a expansão de alguns setores. Se analisarmos a atual situação econômica do país – que vem fechando indústrias e aumentando a taxa de desemprego – o balanço é mais uma vez extremamente positivo”, destacou o secretário Cássio Luiz.

Crescimento da região Norte – Em relação à divisão geográfica, as 1.067 novas empresas se instalaram nas seguintes regiões da cidade: 26,5% na zona Norte; 26,5% na área central; 16,7% na zona Sul; 16,5% na região Leste e 13,75% na zona Oeste.

“Somente no mês de abril, a zona Norte registrou um avanço de 33%. Com os novos empreendimentos imobiliários e a construção da UPA – promovidos pela atual administração, esta região da cidade vem atraindo cada vez mais o interesse da classe empresarial”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Banco do Povo Paulista – Nos primeiros quatro meses do ano, a unidade do Banco do Povo de Marília emprestou R$ 346.551,73 para 63 clientes que fecharam contrato. “Em comparação com o mesmo período de 2015, houve um aumento de 12% em número de contratos firmados. Temos mantido uma boa média mensal. Com a instalação, nos próximos dias, da Sala do Empreendedor no Ganha Tempo – em parceria com o Sebrae, a ACIM e as entidades da classe contabilista – a tendência é que haja uma celeridade na abertura de novas empresas e, consequentemente, a procura por mais empréstimos de recursos financeiros cresça ainda mais nos próximos meses”, concluiu Cássio Pinto Júnior.

O Banco do Povo Paulista atende a empreendedores formais ou informais, cooperativas ou associações voltadas à produção. Para pessoa física, é necessário ter endereço fixo e morar há mais de dois anos no município onde está localizada a unidade. Para empresa, é preciso estar estabelecido pelo mesmo período. Os interessados não podem ter restrições cadastrais no SCPC, Serasa e Cadin Estadual.

Assessoria de Imprensa

Foto: Wilson Ruiz

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s