Parque Tecnológico é tema da primeira reunião do Comciti

Parque Tecnológico é tema da primeira reunião do Comciti

O Comciti (Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação) promoveu nesta quarta feira pela manhã sua primeira reunião prática,  desde a  instalação,  em outubro de 2014. Foi no auditório do Ciesp (Centro das Industrias do Estado de São Paulo), na rua Araraquara, nº 315.

Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Cássio Luiz Pinto Junior, antes de mais nada, houve a formalização do conselho, aprovado pela Câmara Municipal, e depois  o assunto em pauta foi a importância da instalação de um parque tecnológico em Marília. “Esse é um tema muito importante para o município, visando o seu dinâmico desenvolvimento. O prefeitura está dando total apoio ao Conselho e debate sobre o assunto. Houve também a integração entre os membros do Comciti, representado por fortes segmentos da economia e tecnologia de Marília”, destacou Cássio.

Fazem parte do Comciti, além da Prefeitura Municipal, Associação Comercial e Industrial de Marília, Ciesp, Univem, Unimar, Unesp, Fatec, Faip, Famema, Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), Sebrae, Fiesp, Senac, Senai, Etec Antonio Devisate, Sincovam (Sindicato do Comércio Varejista de Marília) e Sest/Senat.

A palestra foi proferida pelo professor-doutor Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, além de presidente da Asserti.

Ele lembrou que a proposta de instalação do parque tecnológico é fundamental para Marília. “A inovação hoje é um requisito essencial para as empresas terem força de competitividade. Isso vai proporcionar para Marília um novo cenário tecnológico visando o desenvolvimento industrial e de serviços, proporcionando um aumento imediato do nível de emprego. Isso, é claro, vai exigir também a qualificação da mão de obra constante no município”, explicou Elvis.

O diretor do Ciesp, Flávio Peres, lembrou que a globalização exige sempre uma economia inovadora e dinâmica. “Marília dá um passo importante nesse sentido com a instalação do Comciti. É preciso sempre inovar, diante de uma tecnologia atualizada a todo o momento. O setor industrial necessita constantemente dessa inovação ”, afirmou.

A proposta de instalação do Comciti foi do vice presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende. “O prefeitura desde o início apoiou a iniciativa e agora estamos instalando o conselho na prática. O Comciti será fundamental para se buscar recursos no Ministério de Ciência e Tecnologia, via deputado federal Walter Ihoshi, O parlamentar confirmou que tem as portas abertas em Brasília para auxiliar as empresas de Marília visando o desenvolvimento e geração de empregos”, comentou Rezende.

O Comciti tem por objetivo formular, propor, avaliar e fiscalizar ações e políticas públicas de desenvolvimento técnico-científico, a partir de iniciativas governamentais ou em parceria com agentes privados, sempre visando o interesse público.

Assessoria de Imprensa

Foto: Ligia Ferreira

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s